26 de abril de 2012

Doe Sangue


Mesmo com todos os avanços da medicina, ainda não se descobriu um substituto para o sangue humano, que é utilizado nos mais diversos casos, desde acidentes de trânsito a pacientes cardíacos e qualquer pessoa que se submeta a uma cirurgia com riscos de sangramento. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o ideal é que 5% da população doe sangue pelo menos uma vez por ano. No Brasil, essa taxa é de apenas 2%.  Os bancos de sangue de todo o País estão sempre com déficit de abastecimento. Uma das causas do problema é a falta de informação da maioria das pessoas, que cercam a doação de sangue de mitos, entre os quais de que o sangue engrossa ou afina após a doação.Em vez disso, o ato de doar sangue traz benefícios a sua saúde. Segundo o médico Guilherme Deucher, presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Ortomolecular (Sobramo), "um estudo realizado na Finlândia mostra que a doação pode diminuir em 86% os riscos de problemas cardiovasculares no homem. A relação entre doação e a diminuição das doenças cardíacas está ligada ao excesso de ferro acumulado no sangue, que se torna um potencial agente oxidante, atuando como catalisador da geração de radicais livres, substâncias tóxicas produzidas pelo organismo".

Requisitos para doar sangue:Você deve ter mais de 18 e menos de 60 anos;
Seu peso deve ser superior a 50 kg;
Se homem, deve ter doado há mais de 60 dias;
Se mulher deve ter doado há mais de 90 dias; não estar grávida; não estar amamentando; já terem se passado pelo menos 3 meses de parto ou aborto;
Se você não teve Hepatite após os 10 anos de idade;
Se você não teve contato com o inseto barbeiro, transmissor da Doença de Chagas;
Se você não teve malária ou esteve em região de malária nos últimos 6 meses;
Se você não sofre de Epilepsia;
Se você não tem ou teve Sífilis;
Se você não é diabético;
Se você não tem tatuagens recentes (menos de 1 ano);
Se você não recebeu transfusão de sangue ou hemoderivados nos últimos 10 anos;
Se você não ingerir bebidas alcoólicas nas 24hs que antecedem a doação;
Se você estiver alimentado e com intervalo mínimo de 2 horas do almoço;
Se você dormiu pelo menos 6 horas nas 24hs que antecedem a doação;
Se você não se expõe ao risco de contrair o vírus da AIDS, tendo comportamentos como:
* não usar preservativos em relações sexuais
* Ter tido mais de dois parceiros sexuais nos últimos 3 meses
* usar drogas injetáveis

Antes da doação você vai passar por uma entrevista de triagem clínica, na qual podem ser detectadas algumas condições adicionais que possam impedir sua doação. Após cada doação serão realizados os seguintes exames em seu sangue:
Tipagem sangüínea ABO e Rh;
Pesquisa de anticorpos eritrocitários irregulares;
Teste de Coombs Direto;
Fenotipagem do Sistema Rh Hr( D,C,E.c,e) , Fenotipagem de outros sistemas;
Testes sorológicos para: Hepatite B, Hepatite C, Doença de Chagas, Sífilis, HIV (AIDS), HTLV I/II;
Todas as vezes que você doar sangue serão feitos todos esses testes, e você receberá o resultado em cada doação.

Você pode doar sangue trimestralmente se mulher e bimensalmente se homem , deve levar sua carteira de identidade ou profissional, após a doação sempre receberá um compravante, uma vez por ano esse comprovante serve para lhe garantir o abono do dia da doação no trabalho ( decreto estadual  incontestavel), então doe pelo menos uma vez por ano.
Doar faz bem prá Você e pode ajudar a salvar a vida do Próximo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espalhe por ai ...